Matriz Curricular e Carga Horária

Matriz Curricular e Carga Horária

O curso de graduação em Medicina é de período integral. As aulas acontecem de segunda a sexta-feira, nos períodos da manhã e da tarde. Existem algumas atividades aos sábados, de acordo com o calendário letivo.

O curso tem a duração de seis anos, ou seja, 12 semestres letivos e adota a seguinte matriz curricular:

 

Baixe a Matriz Curricular:
Matriz Curricular

 

Tabelas de distribuição dos Eixos e Módulos do 1º ao 12º período do curso de Medicina com atribuição das cargas horárias:

NOVA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC

O processo de revisão do Projeto Pedagógico do Curso de Medicina da Faculdade de Medicina da Faculdade São Leopoldo Mandic teve início em 2018 com um diagnóstico situacional do curso e suas demandas, ouvindo diretores, professores e estudantes.

 

A partir das demandas e expectativas apresentadas foi construído colaborativamente um novo modelo de matriz curricular fundamentada nos conceitos da aprendizagem de adultos, aprendizagem colaborativa e por projeto, educação centrada na comunidade e no sistema de saúde, formação para a qualidade de vida, sustentabilidade e inovação.

 

A proposta do currículo do curso de Medicina da SLMandic tem como foco a saúde, a segurança e o bem-estar do paciente e, a partir desses princípios, orienta suas atividades de ensino-aprendizagem para a aquisição de competências que garantam aos egressos atuar com profissionalismo e transformar a realidade, alinhados com as Diretrizes Curriculares Nacionais e Internacionais de formação médica do General Medical Council, do World Federation for Medical Education e as CanMeds.

 

Ao final do curso, caso a presente proposta seja aprovada, espera-se que o egresso da Faculdade de Medicina São Leopoldo Mandic demonstre o conjunto de competências enumeradas a seguir e definidas como fundamentais a partir da experiência dos professores e gestores do curso da SLMandic, diretrizes curriculares nacionais e internacionais, perfil epidemiológico, demandas do sistema de saúde e da sociedade.

 

Portanto, espera-se que o aluno, ao final de sua trajetória acadêmica esteja apto a ser,

  • 1. Comunicador – Com habilidade de se comunicar de forma verbal, não verbal e escrita, compreender as demandas do interlocutor, capaz de estabelecer o diálogo a partir de diferentes expressões culturais, negociar e mediar crises. Capaz de utilizar essa habilidade para construir a relação médico-paciente e apoiar o diagnóstico, tratamento e acompanhamento do paciente.
  • 2. Colaborador – Capaz de trabalhar em equipe para desenvolvimento de pesquisa, projetos e no cuidado ao paciente.
  • 3. Inovador – Apto a produzir e disseminar conhecimentos, desenvolver e implementar inovações, manter-se atualizado, flexível e sensível às constantes mudanças da sociedade.
  • 4. Líder e gestor – Consciente do seu papel social como agente transformador nos diferentes níveis de liderança, promovendo ações que resultem em melhoria do cuidado e qualidade de vida.
  • 5. Profissional – Apto ao cuidado à saúde integral, com ética, humanismo e compromisso.
  • 6. Cuidador – Generalista capacitado para atuar no cuidado à saúde, nos diferentes níveis de atenção, promoção à saúde, prevenção e reabilitação.

A matriz curricular proposta tem como base a integração dos componentes curriculares com objetivo de facilitar a construção relacional das áreas do conhecimento, tornando a aprendizagem mais significativa para o estudante de medicina. Além disso, foi construída para que seja integrada com o sistema de saúde local, com atividades curriculares obrigatórias e eletivas e com constante correlação da teoria com a prática.

 

A integração curricular no curso de Medicina da SLMandic é favorecida pela sua organização em módulos distribuídos em eixos, descritos no texto e organizados nas tabelas apresentadas na sequência:

 

Eixo ser Humano, sua Biologia e Contexto: desenvolve conhecimentos relativos às bases morfológicas, moleculares e fisiológicas do humano, seus ciclos vitais, relações socioculturais e ambientais, além dos aspectos de comportamento, desenvolvimento e diversidade humana e inclusão social. Esse eixo inclui os seguintes módulos: Bases Biológicas da Ciência Médica I, A Célula, Sistema Locomotor, Bases Biológicas da Ciência Médica II, Sistema Endócrino, Sistema Cardiorrespiratório, Sistema Digestório, Sistema Gênito-Urinário, Sistema Nervoso.

 

Eixo Saúde, Adoecimento e Cuidado: correlaciona os determinantes do processo saúde-doença, agentes e mecanismos de agressão e defesa, semiologia, prática médica (clínica e cirúrgica) e cuidado das principais demandas de saúde da população baseado em evidências científicas. Também são abordados aspectos da promoção e prevenção da saúde individual e coletiva, processos de reabilitação, cuidado integral e integrado, saúde mental e qualidade de vida. O eixo é composto por unidades curriculares relativas às grandes áreas, tradicionalmente reconhecidas na formação médica, além das áreas de saúde mental e urgência e emergência como proposto pelas DCN. Esse eixo inclui os seguintes módulos:
Introdução à Prática Médica, Habilidades Clínicas I, Habilidades Clínicas II, Fundamentos da Patologia Geral, Mecanismos de Agressão e Defesa I, Prática Clínica I, Terapêutica I, Mecanismos de Agressão e Defesa II, Introdução à prática cirúrgica, Prática Clínica II, Prática Clínica III, Prática Clínico-cirúrgica I, Saúde da Mulher I, Prática Clínico-cirúrgica II, Psicologia médica, Práticas Clínico-cirúrgica III, Saúde da Criança e do Adolescente I, Neurociência I, Saúde da Mulher II, Práticas Clínico-cirúrgica IV, Práticas Clínico-cirúrgica V, Urgência e Emergência I, Terapêutica II, Nutrição e Metabolismo, Envelhecimento, Saúde da Mulher III, Práticas Clínico-cirúrgica VII, Neurociência II, Neurociência III, Práticas Clínico-cirúrgica VI, Oncologia, Saúde da Criança e do Adolescente II, Urgência e Emergência II, Moléstias Infecciosas

 

Eixo Sistema de Saúde: ocupa-se da gestão na saúde, transformação da realidade, liderança, trabalho em equipe interprofissional, políticas de saúde, modelos de sistema de saúde, o sistema de saúde brasileiro (princípios, estrutura e funcionamento) e epidemiologia. Esse eixo inclui os seguintes módulos: Atenção Primária à Saúde I, II, III, IV, V, VI.

 

Eixo Profissionalismo: traz as bases humanísticas da Medicina, os valores da profissão médica, história da Medicina, acolhimento, processo de aprendizado de adultos, educação permanente e produção do conhecimento na saúde. Esse eixo inclui os seguintes módulos: Introdução à Vida Acadêmica, Ética e cidadania I, II, III, IV, V.

 

Eixo Pesquisa, Inovação e Gestão: procura desenvolver o pensamento crítico a partir da vivência do método científico e da análise da produção científica que permita sua atualização constante e tomada de decisão baseadas nas melhores evidências. Além disso, esse eixo discute o desenvolvimento e implementação de inovações, estimulando os estudantes a trabalhar colaborativamente, com criatividade e crítica, objetivando oferecer soluções para os problemas identificados na região onde atuam. Esse eixo inclui os seguintes módulos: Pesquisa, Inovação e Gestão I, II, III, IV, V, VI.

 

Eixo Instrumentalização: O curso oferece módulos de formação em língua inglesa do primeiro ao sexto período. Após avaliação que ocorre no início do curso o aluno é matriculado no componente curricular que se aproxime do seu nível de proficiência no idioma.

 

Eixo Raciocínio Clínico: A integração curricular acontece ainda nos módulos de Reunião Clínica Integrada, que acontecem do primeiro ao sexto período e em atividades de pesquisa e extensão e tem o objetivo de desenvolver a competência em elaborar o raciocínio clínico. Esse eixo inclui os seguintes módulos: Reunião Clínica Integrada I, II, III, IV, V, VI.

 

Eixo Formação em Serviço: Internato
Carga Horária: 3885,6 ha / 3238h = 42,86%
Divisões:
Grupo Temático
I – Cirurgia e Urgência e Emergência
II – Clínica Médica e Urgência e Emergência
III – Ginecologia e Obstetrícia e Urgência e Emergência
IV – Medicina Geral de Família e Comunidade e Saúde Coletiva
V – Pediatria e Urgência e Emergência
VI – Saúde Mental

 

Internato:
A organização do internato precisa considerar uma carga horária semanal máxima de 36h. Plantões de no máximo 12h.

 

Tabelas de distribuição dos Módulos nos Eixos do 1º ao 8º período do curso de Medicina:

X