Barco da Saúde 2018

Série Barco da Saúde na Band Pará

Notícias
2ª Expedição do Barco da Saúde

De 22 a 31 de julho de 2018, o Barco da Saúde parte para sua segunda edição levando medicamentos e cuidados médicos e odontológicos gratuitos para as populações ribeirinhas da região de Santarém, no Pará.
Clique nos links abaixo para conferir as últimas notícias do projeto.

Projeto da Faculdade São Leopoldo Mandic leva cuidados médicos às comunidades ribeirinhas de Santarém-PA

De 22 a 31 de julho, o projeto Barco da Saúde, organizado por professores e alunos da Faculdade São Leopoldo Mandic, parte para sua segunda edição levando medicamentos e cuidados médicos e odontológicos gratuitos para as populações ribeirinhas da região de Santarém, no Pará. O objetivo do grupo é realizar mais de dois mil atendimentos a crianças, adolescentes, adultos e idosos que vivem às margens dos rios Tapajós, Arapiuns e Amazonas.

A ação, que visa oferecer assistência básica às comunidades isoladas geograficamente, terá entre os tripulantes dentistas e médicos especialistas em clínica geral, oftalmologia, dermatologia, pediatria e ginecologia, além de equipe de enfermagem. Dezesseis alunos de medicina e odontologia também farão parte do grupo.

“Temos muito orgulho de criar um projeto tão sensível como este, e poder atender e ajudar as pessoas que realmente precisam”, afirma a Dra. Fabiana Succi, coordenadora adjunta do curso de Medicina da Faculdade São Leopoldo Mandic, em Campinas. “Além de levar atendimento feito por nossos profissionais e alunos, esta é uma experiência que promove crescimento pessoal e profissional para todos os envolvidos”, completa a médica.

O barco-hospital Abaré navegará durante nove dias pelos rios do Pará e oferece estrutura de atendimento composta por quatro consultórios médicos, um consultório odontológico e salas individuais para pequenos procedimentos, como o de coleta de exames, curativos, de observação e suporte básico de vida. Os demais atendimentos serão feitos em escolas e locais disponíveis nas comunidades.

>Além dos atendimentos, também serão realizadas palestras e ações coletivas de educação, abordando temas como saúde bucal, prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e abuso de droga.

A farmacêutica EMS apoia o projeto com doações de medicamentos. “A EMS sempre investiu na ampliação do acesso da população à saúde. Para nós, é uma honra participar do projeto Barco da Saúde e poder levar medicamentos às comunidades ribeirinhas, que enfrentam condições tão precárias de saúde”, diz Josemara Tsuruoka, gerente de marketing institucional da EMS.

Em 2017, a primeira edição do Barco da Saúde levou 22 estudantes e profissionais da saúde para prestar assistência às comunidades ribeirinhas do Amazonas. Em uma semana, a equipe realizou cerca de mil atendimentos. Para entender melhor o projeto é só acessar: www.juntos.com.vc/barcodasaude2018 ou Facebook.com/BarcoDaSaude.

Começa o II Simpósio de Doenças Tropicais e Saúde Humanitária na SLMANDIC Campinas

Começou nesta segunda-feira, 11 de junho, o II Simpósio de Doenças Tropicais e Saúde Humanitária da Faculdade São Leopoldo Mandic, sob a orientação da Prof.ª Maria Aparecida Barone Teixeira, realizada pela equipe do projeto Barco da Saúde Mandic 2018.

O Simpósio tem o intuito de discutir sobre as doenças tropicais que atingem a população brasileira, além de compartilhar conhecimentos sobre epidemiologia e outros aspectos clínicos dessas doenças com profissionais renomados e que já viveram experiências em áreas endêmicas.

O evento, que foi aberto pela Coordenadora Adjunta do curso de Graduação em Medicina da Faculdade São Leopoldo Mandic, de Campinas, Dra. Fabiana Succi, foi realizado no Auditório 1 da Faculdade São Leopoldo Mandic.

Participaram desta primeira noite, o Dr. Paulo Afonso Martins Abati, da UNICAMP, que falou sobre a Malária; a Dra. Luci Correa, da UNIFESP/Einstein, que fez uma apresentação sobre a Doença de Chagas, e Dr. Marcos César Floriano, da UNIFESP, que falou sobre a Hanseníase.

Uma representante da EMS, empresa que doou medicamentos para o Barco da Saúde, que este ano irá atender comunidades ribeirinhas de Santarém, no Pará, no período de 22 a 31 de julho, também participou desta primeira noite do Simpósio, incentivando o projeto Barco da Saúde.

Nesta terça-feira, 12 de junho, o evento será aberto pela Dra. Fabiana Mantovani Gomes França, Coordenadora do curso de Graduação em Odontologia da Faculdade São Leopoldo Mandic, com apresentações da Odontóloga e da Diretora de Comunicação do IBES, do Coordenador do setor de Odontologia do projeto Expedicionários da Saúde e do médico do Projeto Xingú.

A noite será encerrada com a apresentação do Movimento Social Mandic e do projeto Barco da Saúde, além da palestra do Prof. Emílio Terron, sobre a Ética como experiência da alteridade.

SLMANDIC promove II Simpósio de Doenças Tropicais e Saúde Humanitária

A equipe do projeto Barco da Saúde Mandic 2018 realiza, nos próximos dias 11 e 12 de junho, o II Simpósio de Doenças Tropicais e Saúde Humanitária da Faculdade São Leopoldo Mandic, sob a orientação da Prof.ª Maria Aparecida Barone Teixeira.

 Destinado a alunos e profissionais da área da saúde, o Simpósio tem o intuito de discutir sobre as doenças tropicais que atingem a população brasileira, além de discutir e compartilhar conhecimentos sobre epidemiologia e outros aspectos clínicos dessas doenças com profissionais renomados e que já viveram experiências em áreas endêmicas.

O evento será realizado no Auditório 1 da Faculdade São Leopoldo Mandic, no período de 18h30 às 22h30.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas junto aos membros da comissão organizadora, diariamente, na recepção do Bloco M da Faculdade São Leopoldo Mandic, no período de 12h50 às 13h50. Até o dia 5/6, o valor é R$ 30,00. No dia do evento, R$ 40,00.

Todo o dinheiro arrecadado será revertido para a aquisição de medicamentos e materiais que serão utilizados pelo Projeto Barco da Saúde Mandic 2018, que irá atender comunidades ribeirinhas de Santarém, no Pará, no período de 22 a 31 de julho.

Clique aqui e confira a Programação Científica.

Alunos realizam Noite do Hambúrguer na SLMANDIC para arrecadar dinheiro para o Barco da Saúde 2018

Nesta última quarta-feira, 9 de maio, alunos do curso de Medicina da São Leopoldo Mandic, de Campinas, promoveram a Noite do Hambúrguer no restaurante da Instituição, para arrecadar dinheiro para o projeto Barco da Saúde 2018, apoiado pela Faculdade, que pretende prestar atendimento médico e odontológico em comunidades que vivem às margens do isolamento social e geográfico.

Mais de 200 pessoas participaram do evento, entre alunos dos cursos de Medicina e de Odontologia, professores, colaboradores da Instituição e familiares dos alunos.

Foi mais uma noite animada, com música ao vivo, e de alto astral. Todo o dinheiro arrecadado com o jantar será utilizado para a aquisição de materiais que serão utilizados nos atendimentos, além de medicamentos e brinquedos que serão distribuídos às comunidades visitadas.

O objetivo do Barco da Saúde este ano é prestar atendimento a cerca de 2.000 pessoas, entre crianças, adolescentes, adultos e idosos, no período de 22 a 31 de julho de 2018.

Equipe do Barco da Saúde 2018 realiza jantar beneficente para arrecadar fundos para o projeto

Nesta última quarta-feira, 18 de abril, alunos do curso de Medicina da São Leopoldo Mandic, de Campinas, promoveram um jantar beneficente no restaurante da Instituição, para arrecadar fundos para o projeto Barco da Saúde 2018, apoiado pela Faculdade, que pretende prestar atendimento médico e odontológico em comunidades que vivem às margens do isolamento social e geográfico.

Participaram do jantar, alunos dos cursos de Medicina e de Odontologia, professores, coordenadores dos cursos, colaboradores, Diretoria da Instituição e familiares dos alunos, que lotaram o restaurante para apreciar a culinária caprichada do Chef Pablo Andrew, a boa música ao vivo, com o cantor Érico Franco, e as fotos da última expedição do Barco da Saúde, em 2017, feitas pelo fotógrafo Giancarlo Giannelli.

Foi uma noite animada, de alto astral, que contou também, com sorteios de brindes. Segundo os alunos do curso de Medicina, José Anibale Júnior e Jhenifer Nataly Moura França, organizadores do projeto Barco da Saúde, 270 pessoas participaram do jantar, colaborando com o projeto, e o dinheiro arrecadado com o jantar será utilizado para a aquisição de materiais que serão utilizados nos atendimentos, além de medicamentos e brinquedos que serão distribuídos às comunidades visitadas.

O objetivo do Barco da Saúde este ano é prestar atendimento a cerca de 2.000 pessoas, entre crianças, adolescentes, adultos e idosos, no período de 22 a 31 de julho de 2018.

Alunos da Faculdade São Leopoldo Mandic apresentam o projeto Barco da Saúde 2018

Nesta última quinta-feira, 12 de abril, alunos do curso de Medicina da São Leopoldo Mandic apresentaram para a Instituição, o projeto Barco da Saúde 2018, apoiado pela Faculdade, que pretende prestar atendimento médico e odontológico em comunidades que vivem às margens do isolamento social e geográfico.

A apresentação ocorreu após a exibição do documentário O Pulmão, o Sangue e os Glóbulos verde amarelos, do fotógrafo Giancarlo Gianelli, que registrou os melhores e mais importantes momentos da expedição realizada ano passado, no Amazonas.

Segundo os coordenadores do projeto, os alunos José Anibale Junior e Jhenifer Nataly Moura França, após esta apresentação, iniciam-se as negociações e as primeiras atividades para que o projeto possa ser efetivado.

No dia 18 de abril, eles farão um jantar beneficente para começar a arrecadar fundos para a compra de medicamentos e materiais.

Mais informações no endereço: https://www.facebook.com/barcodasaude/.

 

SLMANDIC realiza exibição do documentário “O Pulmão, o Sangue e os Glóbulos Verde Amarelos” e lança a campanha do Barco da Saúde 2018

Na próxima quinta-feira, 12 de abril,  às 19h30, a Faculdade São Leopoldo Mandic realiza mais um Cine Mandic, com a exibição do documentário “O Pulmão, o Sangue e os Glóbulos Verde Amarelos”, do fotógrafo Giancarlo Giannelli, sobre a expedição Barco da Saúde, realizada por alunos e professores da Instituição, em junho do ano passado, na região de Alto Autazes, no Amazonas. A exibição ocorrerá no Auditório 1 da Instituição.

Segundo o aluno do curso de Medicina da Faculdade e um dos coordenadores do Barco da Saúde, José Anibale Júnior, o objetivo desta exibição é lançar oficialmente a campanha para o Barco da Saúde 2018 e apresentar o documentário, que mostra a experiência e emoção dos alunos e professores que estiveram nos três locais visitados – Murutinga, Natal e Iguapenú. “Esta é uma forma de mostrar aos alunos a dimensão do projeto”, diz ele. “Ao mesmo tempo, queremos mobilizar os outros alunos, dos cursos de Medicina e de Odontologia, não só em nos ajudar com as arrecadações, mas também, que possam se interessar em participar efetivamente do projeto, vivenciando uma experiência incrível”, explica.

Ao final da exibição do documentário, os coordenadores do Barco da Saúde farão uma breve apresentação do projeto de 2018 e explicarão como os interessados devem proceder para participar.

 

O Barco da Saúde em 2017

No ano passado, o projeto teve parceria da ONG Renovatio e da São Leopoldo Mandic. O Barco da Saúde levou para a região uma equipe composta por cinco médicos e três dentistas da Instituição, e percorreu centenas de quilômetros para levar tratamentos de Odontologia, Oftalmologia, Pediatria, Ginecologia e Clínica geral para a população ribeirinha do Amazonas.  Durante o período de uma semana, mais de mil pessoas receberam atendimento odontológico e médico.

Para que o projeto fosse viabilizado, a Faculdade São Leopoldo Mandic doou cerca de R$ 27 mil reais e outros R$30 mil foram arrecadados por meio de outras ações como patrocínios, rifas, congresso e jantar beneficente.  Além disso, destinaram à população local 650kg de doações de remédios e materiais odontológicos, doação de preservativos, kits dentais e brinquedos.

Para a coordenadora adjunta do curso de Medicina da Instituição, Dra. Fabiana Succi, o resultado foi satisfatório e gratificante. “Voltamos com uma visão mais apurada sobre a importância de sempre estarmos atentos as necessidades das pessoas. Além disso, a humanização e o cuidado com o paciente são pilares de educação que SLMANDIC acredita e busca ensinar na formação de seus médicos, e isso faz toda a diferença”.

Galeria de fotos
Vídeos

Barco da Saúde na mídia

Entrevista da Prof.ª Dra. Fabiana Succi, coordenadora adjunta do curso de medicina da Faculdade São Leopoldo Mandic, para a Rádio Globo

Reportagem sobre o Barco da Saúde 2018 da São Leopoldo Mandic na TV Band Campinas

X