SLMANDIC realiza Fórum Internacional de Ozonioterapia e Segundo Encontro de ex-alunos

SLMANDIC realiza Fórum Internacional de Ozonioterapia e Segundo Encontro de ex-alunos

A Faculdade São Leopoldo Mandic realizou neste último sábado, 17 de agosto, o  Fórum Internacional de Ozonioterapia e Segundo Encontro de ex-alunos, na sede da Instituição, em Campinas.  O evento é voltado para cirurgiões-dentistas, médicos, biomédicos, enfermeiros e fisioterapeutas e inclui, no programa, palestras e apresentação de casos clínicos por renomados profissionais do Brasil e da Argentina.

Segundo o Coordenador do evento, o Prof. Francisco Ubiratan Ferreira de Campos, o objetivo do Fórum é promover o elo de ligação entre a Odontologia, a Medicina e a Fisioterapia, usando a Ozonioterapia como tratamento auxiliar aos tratamentos convencionais. “Na Medicina, o uso da Ozonioterapia ainda é um procedimento experimental”, explica ele. “Na odontologia, desde 2015, é regulamentada a aplicação tópica do ozônio em áreas como Implantodontia, Dentística, Endodontia, Periodontia, Cirurgia e DTM”.

Foram discutidos temas como a Visão geral da Ozonioterapia médica e suas possibilidades terapêuticas; a Ozonioterapia na Harmonização Orofacial (HOF) e a Ozonioterapia nas disfunções músculo-esqueléticas.

O evento foi aberto com a apresentação do médico Gustavo Vilela, que falou sobre as novas fronteiras entre a Medicina e a Odontologia. Ele mostrou alguns casos de invasão de bactérias no organismo, que provocam doenças, cuja origem veio da boca. “Reforçar o uso da Ozonioterapia pelo cirurgião-dentista para regular o sistema bucal e ajudar o tratamento médico no combate à inflamação ou infecção é importantíssimo para se obter o melhor resultado”, afirmou ele.

Segundo Vilela, a boca é o principal termômetro para indicar a ocorrência de outras doenças. Por isso que o excesso do uso de metais em tratamentos odontológicos pode desencadear inúmeros problemas de saúde, bem como a extração de dentes e problemas de cicatrização em procedimentos dentários, que também podem desencadear doenças.

O argentino, Dr. Raul Alberto Moggiano, da Ozone Dental Group, falou sobre a Ozonioterapia na Harmonização Orofacial. Ele apresentou os últimos avanços da harmonização orofacial, um tratamento recente na odontologia, cuja técnica busca proporcionar equilíbrio entre a relação estética e funcional do sorriso  e rosto do paciente.

Na parte da tarde, foi a vez do Dr. Diogo Bonifácio e Dra. Carina Sandes falarem sobre a Ozonioterapia nas disfunções musculoesqueléticas. A partir de diferentes casos clínicos, abordaram o uso da ozonioterapia na fisioterapia, e de que forma ela pode contribuir em diferentes tratamentos desse campo.

O evento terminou com uma mesa redonda, que discutiu casos clínicos com convidados

Sem Comentários

Deixe um comentário

X