Profissionais da SLMANDIC de Belo Horizonte realizam procedimento diferenciado em Odontopediatria

Profissionais da SLMANDIC de Belo Horizonte realizam procedimento diferenciado em Odontopediatria

Professores e alunos da Unidade Belo Horizonte, da Faculdade São Leopoldo Mandic, realizaram uma restauração dentária e a reabilitação oral de um paciente com 4 anos, utilizando escaneamento digital e a confecção das coroas dos dentes em sistemas computadorizados, que geralmente são feitas apenas em adultos. O paciente estava com vários dentes consumidos pela cárie, chamada de cárie da primeira infância. O caso foi recebido, no início deste mês, pela equipe docente do curso de Especialização em Odontopediatria e conduzido em conjunto com a empresa Compass, que forneceu os equipamentos e confeccionou as próteses.

“As tecnologias e técnicas aplicadas estão sendo aprimoradas pela nossa empresa há mais de 12 anos, sendo amplamente utilizada em adultos”, afirma Dr. Bruno Gribel, mestre em Ortodontia e pós-doutor em Ortodontia, proprietário da empresa Compass. Como é raro que esse procedimento seja realizado em dentes anteriores de pacientes infantis, pode-se dizer que o caso atendido pela SLMANDIC representa um marco para a Odontologia Digital aplicada à Odontopediatria.

A criança apresentava grande destruição dos dentes ântero-superiores e tinha histórico de diversas restaurações, inclusive estéticas, porém sem apresentar sucesso nos tratamentos. Os dentes restaurados pela técnica convencional, em resina composta direta, apresentaram falhas a curto prazo, causando desgaste, retornos constantes e frustração do paciente e sua família. As queixas principais do paciente eram a dificuldade de alimentação e o comprometimento estético do sorriso.

Entenda o caso

A proposta reabilitadora superou as limitações das técnicas convencionais. Foi realizado um preparo ultraconservador, em protocolo 100% digital, com escaneamento intraoral, confecção de modelo de estudo digital em software de última geração, prototipagem do modelo para visualização da aplicação em impressoras 3D de alta fidelidade, confecção das próteses unitárias de 4 dentes anteriores incisivos centrais e laterais.

As próteses foram confeccionadas em resina de alta densidade PMMA, para preservar a estrutura dentária, com o mínimo de desgaste possível do dente do paciente durante o preparo. Desta forma, o procedimento tornou-se financeiramente acessível e pouco invasivo. Todo o procedimento foi realizado em um único dia, em duas sessões. Na primeira, aconteceu o preparo e escaneamento digital e, na segunda, a cimentação e o ajuste final das peças.

Vários profissionais da São Leopoldo Mandic participaram desse caso, entre eles o Dr. José Carlos Petorossi Imparato, coordenador do curso de Odontopediatria da SLMANDIC, a Dr.a Mariane Ferrão e Dr.a Daniella Cerqueira, coordenadoras adjuntas do curso de Odontopediatria da Unidade Belo Horizonte.

 

Sem Comentários

Deixe um comentário

X