A Importância da Adesão do Inalador para Prevenir as Exacerbações da DPOC

A Importância da Adesão do Inalador para Prevenir as Exacerbações da DPOC

Autores: Jardim JR, Nascimento OA

Objetivo: Tem sido demonstrado que os melhores resultados da doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) estão intimamente associados com a adesão à terapia medicamentosa, independente do tratamento administrado. O estudo clínico Towards a Revolution in DPOC Health (TORCH) mostrou claramente em um acompanhamento de três anos que pacientes com boa adesão ao tratamento inalatório apresentavam um tempo maior antes da primeira exacerbação, menor suscetibilidade à exacerbação e menor mortalidade por todas as causas. . O Estudo Latino-Americano de Sintomas de 24 horas em Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (LASSYC), um estudo real, avaliou a adesão autorrelatada de inaladores em pacientes com DPOC em sete países em um estudo transversal não intervencionista e descobriu que aproximadamente 50% dos pacientes tiveram boa adesão, 30% adesão moderada e 20% baixa adesão. A adesão ao inalador pode ser avaliada pelo questionário específico de adesão ao inalador, o Teste de Adesão aos Inaladores (IATF). Vários fatores podem predizer o uso incorreto de inaladores ou adesão no ambulatório de DPOC, incluindo o número de dispositivos e a frequência de dosagem diária. Idealmente, a educação do paciente, a simplicidade da operação do dispositivo, o uso de apenas um dispositivo para múltiplas medicações e a melhor adaptação do paciente ao inalador devem guiar o médico na prescrição do dispositivo.

Publicado no periódico: Medical Sciences

Acesse o site PubMed: Clique aqui

Tags: DPOC; adesão; broncodilatadores; esteróide inalado; inaladores; Faculdade São Leopoldo Mandic; SLMANDIC

Sem Comentários

Deixe um comentário

X