São Leopoldo Mandic discute “Como a tecnologia está transformando a Medicina?” em fórum da Jovem Pan

São Leopoldo Mandic discute “Como a tecnologia está transformando a Medicina?” em fórum da Jovem Pan

Coordenador do curso de Medicina da faculdade participou do Fórum Mitos & Fatos, que reuniu grandes nomes da medicina, especialistas, empresários e representantes do setor público e privado para debater sobre a saúde

O médico cardiologista Guilherme de Menezes Succi, Coordenador do curso de Medicina da Faculdade São Leopoldo Mandic, participou nesta segunda-feira, dia 4 de dezembro, do Fórum Mitos & Fatos – Jovem Pan Discute: Saúde, evento criado pela Rádio Jovem Pan e realizado no Hotel Tívoli Mofarrej, em São Paulo – SP.

Dividido em 4 Painéis – Inovação, Prevenção, Bioética e Gestão -, o Fórum reuniu nomes importantes da Medicina do Brasil, empresários, representantes do setor público e privado para discutir o avanço tecnológico e seus impactos sobre a Medicina , os novos modelos de gestão de saúde e os limites para a atuação do “médico Deus”.

Guilherme de Menezes Succi participou do segundo painel: “Inovação – como a tecnologia está transformando a Medicina?”, ao lado de Fabio Mattoso, líder de Watson Health na IBM Brasil, Antonio Luiz Macedo, especialista em cirurgia Robótica e Adriano Caldas, presidente da Johnson & Johnson Medical Devices Brasil.  Foram discutidos o uso da Robótica, a Inteligência Artificial cm a plataforma Watson, a evolução das técnicas cirúrgicas e o que vem depois da Robótica.

 

Para Succi, “a tecnologia é uma grande aliada da Medicina e ajuda o médico na tomada de decisões.  A inovação vem chegando tão rápido, que existem casos em que professores e alunos aprendem quase simultaneamente o uso das novas ferramentas tecnológicas. Outra função importante da tecnologia dentro da sala de aula é ajudar a despertar a vocação do aluno. Na graduação, o uso dos robôs é utilizado para treinamento de situações clínicas. O estudante aprende em um ambiente seguro e presencia situações consideradas fundamentais na medicina”, disse ele. “Mas uma coisa é fundamental: o médico nunca será substituído por uma máquina, e uma das coisas mais importantes é usar a tecnologia sem esquecer de olhar o paciente”, finalizou.

O primeiro painel, “Gestão: os modelos que estão revolucionando a saúde” trouxe para o debate o Secretário Municipal de Saúde, prof. Wilson Pollara, Claudio Lottenberg, do UnitedHealth Group Brasil, Sidney Klajner, do Albert Einstein, e Paulo Carrara, da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

O terceiro painel “Prevenção: estamos preparados para o futuro?” reuniu o Secretário Estadual da Saúde de São Paulo, David Uip, Paulo Pachi, da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, o oncologista Fernando Maluf e Rosa Chubaci, coordenadora do curso de bacharelado em Gerontologia da USP.

No quarto painel, a discussão foi em torno dos limites para os médicos e para a indústria, “Bioética”, com as presenças de Rafael Laurino, da BMS,  Mayana Zatz, do Centro de pesquisas em genoma e células-tronco, Jorge Venâncio, do CONEP, a médica pesquisadora do LIM do Hospital das Clínicas FMUSP, Vera Lucia Zaher-Rutherford e Dr. Bráulio Luna, do CREMESP.

 

A abertura do evento foi conduzida pelo oncologista Fernando Maluf, em um talk show com José B. O. Sobrinho, o Boni. O tema da conversa foi “Vencer o Câncer: o tratamento, a recuperação e a superação” e o encerramento foi feito pelo Secretário David Uip.

 

Ouvintes e internautas acompanharam o Fórum Mitos & Fatos – Jovem Pan Discute: Saúde, pela Internet e também durante a programação da Rede Jovem Pan, com flashes ao vivo.

Confira a íntegra do evento abaixo.

Sem Comentários

Deixe um comentário

X